terça-feira, 18 de março de 2008

Igreja de São Mateus da RIBEIRINHA

A Igreja de São Mateus da Ribeirinha terá sido reconstruidauída em 1666. Caracterizava-se por ser, de três naves, com torre ao centro da fachada rematada por um coruchéu octogonal encimado por uma cruz, tinha cobertura de duas águas em telha de aba e canudo.A porta da fachada tinha uma janela de cada lado, composição que era repetida no piso superior onde a porta é substituída por uma janela de sacada com varanda. Todos os vãos tinham verga curva. Existiam vários ornamentos de inspiração gótica na fachada principal, nomeadamente pináculos e balaustradas rendilhadas. Ao meio de cada uma das fachadas laterais existia também uma porta.As três naves eram divididas por arcos de volta perfeita assentes em pilares com impostas salientes. A capela-mor era ladeada pelas sacristias e tinha uma cobertura semicilíndrica que imita uma abóbada de berço. Do lado do evangelho, à entrada, encontrava-se o baptistério. Mais à frente, adossado a uma coluna, situava-se o púlpito.
Existe uma Inscrição na verga da janela central, sobre a porta de entrada: "1934".


A Igreja encontra-se em ruinas por causa do Sismo de 9 de Julho de 2008.


Contudo existem neste momento esforços de grande parte da populaçao e instituições da freguesia, na pessoa do seu pároco com vista á construçao da Nova Igreja Paroquial, cujo processo de construçao ja se encontra na fase de lançamento de concurso publico da empreitada.(in Inventario do Património Imovel dos Açoes; Wikipédia).


Enviar um comentário